“Não afundei. “Profundei””.

Lagoa de Mira. 2020.

Share this project